Alunos se emocionam durante celebração na praça

Nesta sexta-feira (28), encerrou-se a Semana Literária de 2012. Para marcar o dia de maneira especial, os alunos participaram de uma emocionante celebração na praça John Lennon, em frente à sede do colégio.

Conforme dizia Carlos Drummond de Andrade: “(…)o presente é tão grande, não nos afastemos. Não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas”, e assim fizeram.

Vestidos com a camiseta comemorativa de 45 anos, os estudantes de mãos dadas, saíram do colégio, levando consigo bexigas brancas com um desejo do aluno para o mundo, escrito em uma pequena tira de papel. Na praça, cantando músicas alusivas à paz, posicionaram-se “desenhando” uma mandala humana, a fim de que, na forma espiralada, os desejos pudessem fluir continuamente extrapolando os muros da escola.

Em um momento de silêncio, os alunos foram convidados a refletir sobre a importância da busca da paz interior e que somente após esta descoberta, seria possível desejarem aos outros mensagens que celebrem a vida. Parafraseando Drummond, a diretora Myrna, mais uma vez lembrou um de seus versos: “(…)tenho apenas duas mãos e os sentimentos do mundo”.

Após cantarem juntos a “Canção da Paz”, alunos, professores  e funcionários soltaram suas bexigas e assistiram-nas subir ao céu, como estrelas em plena luz do dia. Não foi difícil encontrar ali pessoas bastante emocionadas que passavam em frente à praça e paravam para admirar a cena ou tirar fotos.

Finalizando a atividade, todos deram as mãos cantando juntos a música “We’re the world”,  conhecida por muitos como um hino da paz. Nesse momento “desenrolaram” a mandala, retornando ao colégio com bons sentimentos traduzidos através de muitos, muitos abraços e olhos marejados de emoção.

“(…)Mas as coisas findas,
muito mais que lindas
estas ficarão.”
(Carlos Drummond de Andrade)

– Clique aqui para ver todas as fotos da Semana Literária.

Anúncios

Bazar Beneficente acontece em agosto

Durante o mês de junho e na Festa Junina, agasalhos, calçados e outras peças de roupas foram arrecadados para a Campanha do Agasalho do Voluntariado. Como muitos itens doados estão em bom estado, uma nova triagem foi feita e as peças novas e semi-novas serão utilizadas em nosso 2º Bazar Beneficente.

O bazar acontecerá nos dias 25 de agosto e 1º de setembro, das 8h30 às 17h30, na Unidade II. Até lá, pedimos que os alunos, pais e familiares continuem doando roupas e também peças de artesanato, acessórios, bijouterias e livros. Colaborem!!

O dia em que o Santo Ivo parou para ler

Aluna lê livro de Monteiro Lobato durante a Parada Literária

Dando continuidade à Semana Literária, o quarto dia de atividades começou com uma grande surpresa para os alunos. Ao entrarem na sala de culinária, eles se depararam com um realejo, no qual a simpática periquita Cristina tirou a sorte dos estudantes. Embora uns tenham permanecido intrigados e outros animados, afirmando até mesmo que sua sorte já estava se concretizando, todos guardaram os papéis com cuidado e uns até mesmo compartilharam sua sorte com os colegas.

Mais tarde, funcionários, professores e estudantes deixaram de lado o que estavam fazendo e pararam para ler durante a tradicional Parada Literária. Gibis, livros de terror, auto-ajuda, da Literatura brasileira e das mais diversas categorias ganharam espaço nos corredores do colégio, que, por uma hora, permaneceram calmos e marcados apenas pelo barulho das árvores e dos carros passando na rua.

Veja todas as fotos da Semana Literária aqui.

Vivências de Yoga, Parada Artística e visita à Feira do Livro marcam o 3º dia da Semana Literária

Alunos pintam mandala durante a Parada Artística

Em clima de muito tranquilidade e harmonia as turmas dos 2ºs aos 5ºs anos iniciaram o dia escolar com mais uma vivência de Consciência Corporal, incluindo exercícios de Yoga, respiração e relaxamento, ministrados pela instrutora de Yoga Natalia Neder.

Em seguida, ao som de músicas que celebram a paz e o amor, alunos dos 2ºs aos 8ºs anos, professores e funcionários, reuniram-se para dar cor às suas mandalas, que foram confeccionadas durante as semanas anteriores. Um verdadeiro show de criatividade,  descontração e coleguismo tomou conta do hall de entrada do colégio, contagiando até mesmo alguns visitantes que passavam pelo colégio e, ali, juntaram-se ao grupo.

A produção final das turmas da manhã foram penduradas em varais em frente ao colégio e, juntamente, com um magnífico pôr do sol de inverno, formaram um clima muito especial para as turmas da tarde, que fizeram as suas pinturas sob o “céu de mandalas”.

Veja todas as fotos aqui.

2º dia da Semana Literária tem Capoeira, Yoga e encontro com autores e ilustradores

Aluna recebe autógrafo em seu exemplar de “Rita, não grita!”, de Flávia Muniz

O segundo dia da Semana Literária começou de um jeito bem diferente. Isso porque os alunos tiveram aulas que esperavam não estar relacionadas com a Literatura ou a paz, tema da Semana deste ano. Nos 2ºs e 3ºs anos, posturas e princípios da Yoga foram ensinados durante uma aula de Consciência Corporal, mostrando aos estudantes que a paz está mais perto do que imaginamos e pode ser encontrada dentro de nós mesmos. Já os 6ºs, 7ºs e 8ºs anos vivenciaram uma aula de cânticos e movimentos da Capoeira, aprendendo que a Literatura não está presente só nos livros, mas também na tradição oral.

Para completar as atividades desta terça-feira, as turmas do 2º ao 5º ano receberam visitas da escritora Flávia Muniz e os dos ilustradores Miguel Mendes e Maria Eugênia.

Flávia Muniz, escritora de livros infanto-juvenis explicou aos alunos dos 2ºs anos como funciona o processo de edição de um livro, contou sobre as suas memórias que foram fonte de inspiração para várias de suas obras e respondeu às inúmeras curiosidades dos alunos sobre o livro adotado “Rita não grita”. Ao final do encontro, gentilmente, autografou os livros de todos os alunos.

Os ilustradores Maria Eugênia e Miguel Mendes fizeram um bate-papo com os alunos dos 5ºs e 3ºs anos, respectivamente. Os alunos tiraram dúvidas sobre o papel do ilustrador no processo de criação de um livro e ficaram encantados com o material trazido por eles.
Maria Eugênia passou muitas dicas sobre a arte de desenhar e destacou que para ser um bom desenhista é preciso praticar, praticar, praticar e, de preferência sem borracha, para que a imaginação flua e o desenho não trave.

Miguel Mendes, aproveitou histórias do Menino Maluquinho elaborada por alguns de nossos alunos e, ao “vivo e a cores” as transformou em quadrinhos. Os alunos ficaram paralisados com a prática e a rapidez do ilustrador, as obras ficarão expostas em nossa sala de leitura.

Confira,  aqui, as fotos e as ilustrações deste segundo dia da semana literária.

Confira o que rolou no 1º dia da Semana Literária

Alunos observam estátua viva

Teve início nesta segunda-feira (25) a Semana Literária de 2012. No primeiro dia, as atividades começaram com a declamação de poemas de Carlos Drummond de Andrade, que além de expor a obra do autor, convidou os alunos a interagir diretamente com as poesias. No intervalo, os alunos puderam conferir a estátua viva de Drummond na porta do refeitório, que atraiu diversos olhares intrigados e alguns até mesmo surpresos, achando que se tratava do “espírito de Drummond” ou então, o filho dele. Em seguida, o 8º ano visitou a exposição com algumas obras do escritor que estavam em diversas caixas suspensas no teto. Por alguns minutos, alunos pararam para ler uma poesia ou então, até mesmo declamá-la para seus colegas.

Por último, mas não menos importante, os alunos do 2º ano receberam a visita da escritora Heloísa Prieto, autora de mais de 50 livros publicados, entre eles,  Lá Vem História e Duendes e Gnomos. Durante o encontro, os estudantes “entrevistaram” Heloísa com perguntas sobre sua carreira e sobre o livro adotado pela série,  O Jogo das Parlendas. Logo após, tiveram seus exemplares autografados e cantaram algumas parlendas do livro para a escritora, que ficou admirada.

Clique aqui para ver mais fotos da Semana Literária.

Arraiá do Santo Ivo agita Unidade II

No último sábado (23), aconteceu a Festa Junina do Santo Ivo. A festa foi realizada na Unidade II e contou com barracas de brincadeiras e de deliciosos quitutes, típicos ou não.

O evento começou com a reapresentação da peça “45 anos é pouco, nós queremos mais”, que homenageou os 45 anos do colégio. Às 16h, as barracas de brincadeiras foram abertas e o “arraiá” começou pra valer: alunos, pais e familiares se divertiram na “boca do palhaço”, “pescaria” e outras. Em seguida, os alunos da Educação Infantil e 1º ano animaram o ginásio com danças típicas do Nordeste do país, não esquecendo da linda homenagem ao Rei do Baião, Luiz Gonzaga. Na sequência, o Ensino Fundamental entrou em cena e não deixou barato: fez bonito durante as apresentações das danças. Mais tarde, alunas do Ensino Médio apresentaram uma coreografia inspirada nas cowgirls, atraindo diversas palmas da plateia. Já a tradicional quadrilha do 9º ano e Ensino Médio mostrou, como sempre, muita criatividade, e neste ano, os alunos dançaram vestindo nada mais, nada menos, que os seus pijamas!! Para encerrar, ex-alunos, pais, professores, funcionários e alunos participaram da última dança do dia, o “Arrasta pé do Santo Ivo”.

Confira as fotos do evento aqui.