Sugestão para o final de semana

Pela primeira vez no Brasil, no palco do Teatro Augusta, mágicos reconhecidos nacional e internacionalmente unem-se para apresentar um show singular, com efeitos impressionantes que irão maravilhar seu público.

Dirigido por Ozcar Zancopé, o show conta com a participação da dupla Vik & Fabrini e dos mágicos: Bianko, Ricardo Harada, Élio, Cláudio Henrique, Ortega e Wagner Messa.

Não perca esse espetáculo que irá emocionar e surpreender, em uma inesquecível noite mágica.

ÚNICA APRESENTAÇÃO: 18 DE SETEMBRO

Direção: Ozcar Zancopé
Elenco: Vik & Fabrini, Ricardo Harada, Bianko, Élio, Cláudio Henrique, Ortega e Wagner Messa
Produção: Cia Lumina 
Apoio: MPM
Ingressos:  R$ 70,00 (Inteira) e R$ 35,00 (Meia-Entrada) – Mediante apresentação de comprovante.
Horários: 21h.
Sala Nobre: 302 Lugares. 
Gênero: Show de Mágica e Ilusionismo.
Duração: 80 minutos.
Classificação: Livre.
VENDAS: Bilheteria do Teatro Augusta (quarta a domingo, das 14h às 21h) ou através do ingresso rápido 

 

 

Anúncios

Sala de Leitura tem novos livros

O Colégio Santo Ivo fez novas aquisições e agora tem ainda mais livros na Sala de Leitura.

Confira a lista dos novos livros:

Um Gato no Telhado

MACHADO, Ana Maria – Editora Salamandra

O gato Renato tem mania de televisão. Tudo para ele é aventura e imaginação. Mas e se a brincadeira acaba em confusão, e nenhum herói surge para salvar a nação? Só mesmo inventando uma ideia genial e usando da esperteza – Miau!

 

Princesa Arabela, mimada que só ela!

FREEMAN, Mylo – Editora Ática

O que dar de presente para uma princesinha mimada que tem muito mais do que precisa? A rainha pergunta a Arabela o que ela quer ganhar de aniversário. Ora, simplesmente um elefante de verdade! Assim, os pais da pequena tirana movem mundos e fundos para atender tal capricho. Mas, por fim, o próprio ‘bichinho’ de estimação vai ensinar a Arabela que ela não é a única pessoa do mundo cheia de vontades.

 

Sabores Incríveis

MUNIZ, Flávia e KUPSTAS, Márcia – Editora Melhoramentos

Esta obra procura reunir literatura e informação. Os textos selecionados poderão entreter as crianças com histórias, informações e curiosidades sobre a alimentação. As páginas buscam trazer fatos considerados interessantes sobre diferentes alimentos – pão, frutas, guloseimas, sopas e massas. Há também diversos pratos típicos brasileiros e outros incomuns, além de desafios, parlendas, cantigas e brincadeiras.

 

Zarp vai lá longe

JACOB, Dionisio – Global Editora

Os Zarps são uma gente antiga e muito simpática, de origem absolutamente desconhecida, que habita a aldeia Zarp, situada numa região montanhosa que ninguém sabe ao certo onde fica. Na aldeia Zarp, todos se chamam Zarp. E, no entanto, cada Zarp é uma pessoa totalmente única e diferente – não existem dois Zarps absolutamente iguais. Além de todo mundo se chamar Zarp, todos, sem exceção, usam uma mesma roupa – a túnica Zarp. É uma peça única que vai da canela até a cabeça, terminando num gorro, fabricada com um tecido sem igual em todo o mundo. Um dia, Zarp acordou com uma vontade muito grande de viajar. Assim mesmo, sem mais, nem menos. Levantou-se, olhou pela janela e sentiu um desejo irresistível de sair pelo mundo. Desejo estranho para um Zarp, pois todos eles gostam muito de sua aldeia. Ele queria ir lá longe, mas onde é lá longe?

 

Sonho de uma noite de verão

MATTEWS, Andrew – Ross, Tony – Companhia das Letrinhas

Hérmia está prometida a Demétrio, mas ama Lisandro, com quem foge para um bosque. Por lá, Oberon, o rei das fadas, está em pé de guerra com a esposa e resolve lhe dar uma lição usando uma flor encantada que tem o poder de despertar o amor em qualquer um. Está instaurada a confusão entre humanos e criaturas mágicas.

 

Os Animais Fantásticos

LETRIA, José Jorge – Editora Peirópolis

Há animais verdadeiros, com existência real e comprovada, e outros fantásticos ou maravilhosos que nasceram da imaginação humana e que passaram a ter lugar criativo no imaginário poético das civilizações, nas mitologias e nos livros dos contos e das lendas tradicionais, alimentando a sede de fantasia de crianças e adultos ao longo dos séculos. Este livro surge como uma galeria onde têm lugar os mais importantes e citados desses animais fantásticos, através da reconstituição poética de José Jorge Letria e das ilustrações mágicas de André Letria, pai e filho, juntos num livro que é um objeto de grande beleza estética que pode e deve tocar públicos de todas as idades.

 

A Reprodução das Joaninhas

GRANATO, Suzana Facchini – Editora Formato

A reprodução das joaninhas pretende mostrar as mudanças que ocorrem na vida desses insetos, da postura dos ovos ao voo. Procura ainda ensinar sobre a reprodução e os diferentes ciclos de vida desses besourinhos por meio de imagens.

 

Pai, não fui eu!

BRENMAN, Ilan – Companhia das Letrinhas

O autor narra à história de um pai que, enquanto trabalhava tranquilamente no escritório de sua casa, ouve um estrondo. A filha dele, que presenciou o desastre, logo chega para dar explicações – o barulho foi por causa do livro italiano gigante – o preferido do pai – que, de repente, despencou da prateleira da estante. E quem o deixou cair foi o leopardo, que, ao ver a menina folheando o livrão, disse que adorava ler e se aproximou, mas acabou esbarrando nele e lá foi o livro gigante estante abaixo. Depois de todo este esclarecimento, qual não foi a surpresa do pai ao abrir o seu livro! Esta obra busca ser amostra da relação entre pais e filhos, ilustrada com por Anna Laura Cantone.

 

A peleja do violeiro Magrilim com a formosa princesa Jezebel

SOMBRA, Fábio – Editora Lê

Governado pelo cruel Percival, aquele reino guardava um segredo até o dia em que um violeiro decide cruzar seus portões. Para desvendar o mistério e conquistar o coração da formosa princesa Jezebel, Magrilim se vê envolvido em uma perigosa disputa. E ai dele se for derrotado! Um final terrível está reservado aos perdedores. Em meio a pelejas de calango e ponteios de violas, Fábio Sombra conta uma história de amor e de bravura, renovando a tradição e resgatando o encanto dos clássicos da literatura de cordel.

 

O mistério mora ao lado

NICOLELIS, Giselda Laporta – Editora Saraiva

Lucas mora na mesma rua desde que nasceu. Conhece todo mundo por lá. Só que as coisas começam a mudar quando chegam novos vizinhos. Enquanto isso, Lucas conhece Lorena – uma garota bonita, filha de pai branco e mãe negra – e mais um dos preconceitos que estão presentes nas pessoas.

 

Purê de maça

VERPLANCKE, Klaas – Editora Scipione

Um pai forte, com o rosto lisinho, capaz de curar as dores do filho e que, ainda por cima, tem os dedos com gosto de purê de maçã é sempre uma alegria. Mas às vezes, quando esse pai fica cansado, bravo, aí vem tempestade na certa. Neste livro, a criança pode perceber que, apesar de todos terem bons e maus momentos, o importante é a força e a permanência da relação entre pai e filho.

 

O mundo Mendelévio e o planeta Telúria

MARCOS, João – Abacatte Editora

Mendelévio e Telúria são um casal de irmãos como tantos que existem por aí – têm personalidades, gostos, manias, preferências opostas e, principalmente, formas diferentes de ver o mundo onde vivem. O livro traz uma coletânea de histórias em quadrinhos enfocando brincadeiras, diferenças, disputas e até saudades.

 

A árvore dos meus dois quintais

RIBEIRO, Jonas – Editora Paulus

Nesta obra, Jonas Ribeiro procura contar a história de um menino e sua amizade com uma árvore plantada no quintal de casa. Com narrativa poética, o texto visa convidar o leitor a refletir sobre o carinho e o respeito presentes nesta relação. O esperto garoto notou que existiam dois quintais – o da sua casa e o da sua imaginação, e em ambos a querida amiga estava presente. A sensação de tê-la por perto e poder compartilhar bons momentos o fez semear mais amizades, espalhando sementes para todos os cantos. Além do texto, o livro contém ilustrações capazes de transmitir ao leitor a mensagem de que boas amizades podem desabrochar na infância e se prolongar por toda a vida, além de destacar a importância do respeito pela natureza.

 

Bebel, a gotinha que caiu do céu

SECCO, Patrícia Engel – Editora Melhoramentos

Bebel era uma gotinha que morava na nuvem mais branca do céu, aquela que é sempre levada pelo vento para passear. No começo havia muito espaço, mas, a cada dia, mais e mais gotas decidiam morar na confortável nuvem. A vida de Bebel começou então a mudar. E, sozinha pelo mundo, ela iniciou sua viagem.

 

O Burrinho Prateado

HARTNETT, Sonya – Editora WMF Martins Fontes

Em uma manhã luminosa de primavera, duas irmãs encontram na floresta um soldado cego. O soldado conta para elas histórias maravilhosas envolvendo sempre a pequena escultura prateada de um burrinho que ele carrega no bolso. Os dias vão passando, e as duas meninas se esforçam, em segredo, para ajudar o soldado a voltar para casa enquanto aprendem o que esse objeto significa – honestidade, lealdade e coragem. O burrinho prateado é um tributo à coragem, à lealdade e ao sacrifício. Os contos nele reunidos buscam proporcionar uma visão serena, mas firme, tanto dos horrores da guerra quanto do poder da inocência.

 

Armando e o tempo

GUTTMANN, Mônica – Editora Paulus

Armando está descobrindo o tempo, mas fica encucado porque o tempo do relógio não é o mesmo de suas emoções, sentimentos e pensamentos. Decide então fazer alguma coisa para conciliar esses dois tempos diferentes.

 

A Rainha das Cores

BAUER, Jutta – Editora Cosac & Naify

Uma soberana diferente, muito temperamental, é a protagonista da “A rainha das cores”, livro infantil premiado na Alemanha e que ganhou uma versão para a TV. Desta vez, a ilustradora Jutta Bauer fala sobre a alegria de viver e os momentos de raiva, de confusão e de tristeza que acometem nossas vidas. Para isso, ela utiliza a metáfora de cores que se misturam numa ou noutra intensidade.

 

Sete povos das missões

VETILLO, Walter – Cortez Editora

Entre os anos 1610 e 1767, em uma vasta área habitada pelos índios guarani e banhada pelos rios Uruguai, Paraná e Paraguai, concretizou-se um ambicioso projeto religioso encabeçado pela Companhia de Jesus. Este projeto visava a evangelização dos indígenas e a criação de um conjunto de aldeamentos denominados Sete Povos das Missões. As missões deram origem a cidades prósperas, auxiliaram na delimitação de fronteiras e foram tema para a formação de um vasto folclore regionalista em torno das figuras dos jesuítas e dos índios, em especial Sepé Tiaraju, guerreiro guarani.

 

Tem planta que virou bicho! V. 2

MIRANDA, Alda D. – Escrituras Editora

O livro, recheado de poesia, procura falar sobre os alimentos e os animais de um jeito divertido e totalmente diferente. Entre rimas e imagens criativas, esta história conta sobre um lugar imaginário onde a natureza sempre brinca de mudar as coisas e um dia ela deixou todas as plantas brincarem de virar bicho.

 

Uma história bruxólica

FRAGATA, Cláudio – Editora Globo

O autor é inspirado em tradições e lendas açorianas enraizadas na cultura popular de Santa Catarina, trazendo nesta obra as peripécias da bruxa Rodonésia. Ela é míope, tagarela e atrapalhada, não consegue voar em vassouras – pois é alérgica à palha -, prefere planar pelos céus a bordo de rodos, que ela surrupia de residências alheias. Até o dia em que vai parar na casa de Caíque, um menino que aprendeu sobre bruxas com a falecida avó. No convívio com Rodonésia, Caíque descobre uma porção de coisas que não imaginava sobre o mundo da bruxaria.

 

O Segredo da Montanha

Tulchinski, Lúcia e Rios, Rosana – Editora DCL – Difusão Cultural do Livro

O que esperar de uns dias em Itatiaia, sul do Rio de Janeiro, acompanhado de Otávio, pai de Murilo e padrasto de Gabriela, e dos dois irmãos, que, sendo meio-irmão ou inteiro, como qualquer outro, viviam discutindo? Otávio foi chamado para fazer a instalação de uma rede de computadores numa pousada, e, como tinha um chalé à sua disposição, resolveu levar a família. Mas a tranquilidade do lugar e das pessoas guardava um mistério de arrepiar a espinha, como se cada uma tivesse uma peça de um enorme quebra-cabeça, que, se montado errado, poderia até levar à morte! Numa mistura de ação, aventura e muito suspense, Rosana Rios e Lúcia Tulchinski levam o leitor a uma envolvente missão para descobrir o segredo da montanha.

 

Um universo numa caixa de fósforos

Rampazo, Alexandre – Editora Panda Books

Um menino, uma caixa de fósforos e as melhores coisas do mundo dentro dela. Maximiliano era assim, guardava tudo de que mais gostava e queria só para si, dentro de uma pequenina caixa de fósforos. Era como mágica. Todos do colégio adoravam quando Max abria a caixa de fósforos e mostrava o que havia lá dentro, o carro mais rápido, a casa mais linda, o foguete mais gigante, a lua mais brilhante de uma noite de verão, e um montão de coisas fantásticas, que eram só dele. Mas será que Maximiliano realmente tinha tudo o que mais queria em seu universo numa caixa de fósforos?

 

As três cartas de Marco

BALLARD, Elizabeth Silance – Editora FTD

Marco ia à escola desleixado, malcuidado. Sem conhecer sua história, todos o discriminavam – os colegas e a professora. Suas notas caíram e ele teve dificuldades de aprendizado e de relacionamento após a morte de sua mãe. No Natal, Marco presenteou a professora com coisas que pertenceram a sua mãe. Dona Dalva se comoveu e, desse dia em diante, começou a dar mais atenção a ele, que se recuperou e obteve as melhores notas da turma. Marco e dona Dalva nunca mais se falaram. Anos depois, ela recebe três cartas de Marco.

Especialista diz que uso abusivo das redes sociais pode distanciar pessoas

Os usuários de internet e das mídias sociais estão cada vez mais dependentes. Os pais, constantemente, reclamam que os filhos estão alheios ao mundo e há falta do diálogo. Os medos e preocupações do cotidiano têm relação com o uso abusivo das redes de relacionamento e dos aparelhos tecnológicos.

O psicólogo Odair Comin, escritor do livro Mestre das emoções (editora Giz Editorial), não deixa de lado as vantagens dessas plataformas, como encontrar antigos amigos, indivíduos com pensamento parecido e facilidade de conhecer pessoas. Porém, segundo ele, é preciso tomar cuidado com fatores como a falsa sensação de ter muitos amigos, a perda da identidade, o afastamento do mundo real e a dependência da conexão virtual.

O que mais chama atenção é o compartilhamento e o convívio virtual dos usuários. “Lá, o usuário tem voz e pode ser ouvido por milhões, ele existe. É importante se mostrar aos amigos, para o mundo. Tudo isso em larga escala. Tal possibilidade o seduz” explica o psicólogo. O importante não é mais os gostos ou pensamentos, e sim a audiência. “Estamos nos tornando um programa televisivo, que se baseia em dados para dirigir a pauta. Isso cria um ser humano carente de aprovação alheia. O impacto disso é um pessoa com dificuldade em lidar com problemas. No virtual, você pode ser rei, poderoso, fazer e desfazer. No real, é mais complicado”, afirmou Odair Comin.

Fonte: Correio Brazilienze

Dia de votação no Colégio Santo Ivo

Nesta terça-feira (28), os alunos do Fundamental II votaram nas chapas para a Eleição do Grêmio 2012.

O significado do que é  um grêmio e a sua função foi trabalhado com os alunos do 8º ano pela professora Patrícia Bonjovani, nas aulas de metodologia de estudos, conteúdo este que faz parte do projeto SER POLÍTICO.

Depois de criadas as chapas,  apresentadas as propostas nas diferentes salas do Colégio e trabalhado o papel do eleitor consciente, restou o momento da votação.

Foram criadas três chapas:

  • Nossas escolhas
  • Chapa Quente
  • Transforma

A  vencedora foi  Nossas Escolhas, com 53 votos,  que tem como proposta o seguinte:

Crédito extra;

Olimpíadas de Outono e Primavera;

Criação da torcida organizada Santo Ivo;

Eventos como bailes e festas;

Melhorias na cantina;

Criação da rádio Santo Ivo;

Cadernos de opiniões para os alunos;

Excursões para pontos turísticos da cidade de São Paulo, uma vez por mês;

Site de comunicação entre alunos e professores;

Campeonato de vídeo game nos recreios.

Clique aqui e veja mais fotos da votação.

 

Alunos fazem atividades com sombras

Há sombras à noite? O que parece uma brincadeira é, na verdade, um experimento para que os alunos comprovem que as sombras aparecem no escuro, desde que tenhamos um pequeno foco de luz.

A partir da criação de sombras, os alunos fizeram descobertas e se divertiram muito.

Clique aqui e veja as fotos desta aula com os alunos do 2º Ano A.