Abril é o mês do livro infantil: confira homenagem da Sala de Leitura

Duas datas comemorativas fazem de abril o mês do livro infantil. No dia 2, data do nascimento do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, considerado o primeiro a romancear as fábulas voltadas especialmente para crianças, comemora-se o Dia Internacional do Livro Infantil. Em 18 de abril, que marca o nascimento de Monteiro Lobato, comemora-se no Brasil o Dia Nacional da Literatura Infantil.

Devido às datas, a Sala de Leitura do Santo Ivo, na sede, faz uma homenagem especial aos dois autores, com decoração temática e exposição de obras dos escritores.

Nascido em 1805, Andersen publicou contos de fada entre 1835 e 1872, como os célebres “O Soldadinho de Chumbo” e “O Patinho Feio”. Hoje, dá nome ao mais importante reconhecimento internacional da literatura infantil, o Prêmio Hans Christian Andersen. Além disso, anualmente, a International Board on Books for Young People (IBBY) oferece a Medalha Hans Christian Andersen para os maiores nomes da literatura infanto-juvenil.

Já o Dia Nacional do Livro Infantil homenageia Monteiro Lobato, escritor que, como poucos, dedicou-se à literatura infantil no país. Nascido em Taubaté, Lobato publicou, em 1920, “Negrinha e A Menina do Narizinho Arrebitado”, sua primeira obra para crianças, que deu origem a Lúcia, mais conhecida como a Narizinho do Sítio do Picapau Amarelo.

No ano seguinte, 500 exemplares do livro foram doados em escolas, um fato inédito na indústria editorial. O sucesso entre os pequenos gerou continuações e o autor seguiu criando aventuras com personagens bem ligados à cultura brasileira, recuperando, inclusive, costumes da roça e lendas do folclore. Monteiro Lobato inovou ao “misturar” personagens como Dona Benta, Pedrinho, Tia Nastácia, Visconde de Sabugosa e Emília a nomes da literatura universal, da mitologia grega, dos quadrinhos e do cinema.

Confira, abaixo, a homenagem da Sala de Leitura aos dois autores:

Anúncios