4º ano faz resenhas e desenhos sobre o filme “O menino e o mundo”

 

Os alunos do 4º ano C assistiram ao filme “O menino e o mundo”, que concorreu ao Oscar de melhor animação deste ano, para enriquecer o trabalho do projeto “O Grande Sonho”.

Como, em Língua Portuguesa, trabalham o gênero literário “resenha”, os estudantes aproveitaram para resenhar o filme e mostram como já são ótimos críticos de cinema.

Confira, abaixo, a ficha técnica do longa e algumas das resenhas e dos desenhos feitos pelos alunos:

Ficha Técnica:

Roteiro: Alê Abreu
Música: Ruben Feffer e Gustavo Kurlat
Duração: 1h19
Lançamento: 17/01/2014
Disponível no canal YOUTUBE (assista aqui)

 

Desenhos:

Resenhas:

O filme “ O menino e o mundo” conta a história de um menino chamado Cuca, que mora no campo, em um lugar que ele imagina tudo. Um belo dia, seu pai teve que ir para a cidade procurar trabalho. Depois de muitos dias de imaginação, começou um vento muito forte que o levou para a cidade!

Se você começou a se interessar, vai lá assistir ao filme.

Eu gostei do filme porque ele tem várias coisas interessantes e porque me fez imaginar coisas divertidas. Eu recomendo esse filme sim!

Giovana Scavone – 4º C

O filme conta sobre o menino Cuca, cujo pai vai viajar a trabalho e nunca mais volta.

O menino faz as malas para ir atrás do pai, é levado para um lugar onde se colhe algodão e encontra um homem que o leva para uma fábrica de tecidos.

Logo depois, o menino foi parar em uma comunidade e foi atrás do pai. Ele chega a uma estação de trem e acha que seu pai vai aparecer, mas infelizmente…

Será que tudo isso é só imaginação?

Eu gostei do filme porque ele conta várias coisas importantes para nós cuidarmos do meio ambiente. Ao mesmo tempo, eu não gostei porque eu achei ele dramático e triste.

Bárbara – 4º C

“O menino e mundo” é um file produzido apenas com canta BIC e giz pastel, também é um filme brasileiro.

Cuca era um menino muito pobre e um dia seu pai resolveu ir para a cidade trabalhar, assim conseguiria mais dinheiro.

Cuca parte em uma aventura para tentar achar seu pai.

Eu recomendo este filme, mas preste muita atenção ou então você não entende o filme. Crianças pequenas não entenderão muito bem.

Eu gostei do filme porque é uma animação, mas tem partes muito tristes.

Mariana – 4º C

“O menino e o mundo” é um filme mudo, porém contém algumas músicas e para entende-lo tem que prestar muita atenção.

Cuca é um menino sonhador, que tem uma imaginação muito grande. Um dia, o pai de Cuca vai embora para a cidade e ele imagina que vai para lá a procura de seu pai. Será que ele vai conseguir encontra-lo?

Eu recomendo esse filme para pessoas que são muito sonhadoras e têm uma imaginação muito forte, por isso gostei muito do filme. Só não gostei de uma parte que eles cortam umas árvores que é o desmatamento, mas de resto, adorei o filme!

Thais – 4º C

O filme “O menino e o mundo” conta a história de Cuca, um menino, que ao perceber que seu pai vai embora a procura de trabalho, acaba sonhando que estava procurando ele e embarca em uma aventura muito divertida.

Eu recomendo esse filme porque, apesar de ser mudo, é um filme inspirador e muito legal. Eu adorei!!! É difícil explicar como esse filme é maravilhoso!!!

Ana Clara – 4º C

“O menino e mundo” é um filme mudo (sem falas). Ele conta a história de um menino muito sonhador que vive em uma pequena fazenda. Seu pai vai trabalhar na cidade e o menino fica com saudades. Um dia, o vento o leva para a cidade e lá ele descobre várias coisas.

Eu recomendo este filme, porque ele é muito profundo. Ele mostra como é a situação da cidade que enfrentamos agora e outras coisas…

Celina – 4º C

“O Menino e o mundo” é um filme brasileiro que concorreu ao Oscar de melhor animação.

O filme foi feito à mão com: lápis, papel, giz pastel, algumas colagens e caneta BIC.

É um filme um pouco triste e sem som, mas eu recomendo para vocês porque é interessante. Fala sobre um menino, cujo pai viajou para a cidade à trabalho e o menino foi atrás dele pela cidade inteira, porque um vento forte o levou à cidade., ele se via grande, até que um dia, ele cresceu e saiu de casa. Bom, não posso contar tudo, mas é bem legal!

Giovanna Gomes – 4º C

 

Anúncios

Alunos do 7º ano elaboram maquetes da densidade demográfica do Brasil

Sob coordenação da professora Karin, de Geografia, os alunos  do 7º ano elaboraram maquetes da densidade demográfica do Brasil e puderam perceber  que o Brasil possui áreas densamente povoadas e outras pouco povoadas, apesar de  ser um país muito populoso.

As maquetes foram elaboradas com material reciclável  e os alunos compreenderam  como os materiais podem ser reaproveitados,  evitando, assim, a retirada de recursos naturais.

Confira, abaixo, as fotos de alguns dos trabalhos produzidos:

Abril é o mês do livro infantil: confira homenagem da Sala de Leitura

Duas datas comemorativas fazem de abril o mês do livro infantil. No dia 2, data do nascimento do escritor dinamarquês Hans Christian Andersen, considerado o primeiro a romancear as fábulas voltadas especialmente para crianças, comemora-se o Dia Internacional do Livro Infantil. Em 18 de abril, que marca o nascimento de Monteiro Lobato, comemora-se no Brasil o Dia Nacional da Literatura Infantil.

Devido às datas, a Sala de Leitura do Santo Ivo, na sede, faz uma homenagem especial aos dois autores, com decoração temática e exposição de obras dos escritores.

Nascido em 1805, Andersen publicou contos de fada entre 1835 e 1872, como os célebres “O Soldadinho de Chumbo” e “O Patinho Feio”. Hoje, dá nome ao mais importante reconhecimento internacional da literatura infantil, o Prêmio Hans Christian Andersen. Além disso, anualmente, a International Board on Books for Young People (IBBY) oferece a Medalha Hans Christian Andersen para os maiores nomes da literatura infanto-juvenil.

Já o Dia Nacional do Livro Infantil homenageia Monteiro Lobato, escritor que, como poucos, dedicou-se à literatura infantil no país. Nascido em Taubaté, Lobato publicou, em 1920, “Negrinha e A Menina do Narizinho Arrebitado”, sua primeira obra para crianças, que deu origem a Lúcia, mais conhecida como a Narizinho do Sítio do Picapau Amarelo.

No ano seguinte, 500 exemplares do livro foram doados em escolas, um fato inédito na indústria editorial. O sucesso entre os pequenos gerou continuações e o autor seguiu criando aventuras com personagens bem ligados à cultura brasileira, recuperando, inclusive, costumes da roça e lendas do folclore. Monteiro Lobato inovou ao “misturar” personagens como Dona Benta, Pedrinho, Tia Nastácia, Visconde de Sabugosa e Emília a nomes da literatura universal, da mitologia grega, dos quadrinhos e do cinema.

Confira, abaixo, a homenagem da Sala de Leitura aos dois autores:

Alunos do 8º ano pesquisam doenças que afetam o sistema nervoso

 

b90e7b9f-4f7e-449c-b817-a274148492ecComo parte do aprofundamento no assunto do ano nas aulas de Ciências, que é Corpo Humano, os alunos do 8º ano se dividiram em seis grupos para fazer uma pesquisa sobre o primeiro conteúdo, doenças que afetam o sistema nervoso.

As doenças estudadas foram Mal de Parkinson, Mal de Alzheimer, Acidente Vascular Cerebral, Esclerose Múltipla, Epilepsia, Poliomelite e Meningite. Cada grupo fez um levantamento completo sobre uma delas (uma das turmas pesquisou sobre duas doenças), abordando o que são, sintomas, causas, diagnóstico, tratamento, evolução, prevenção e tratamento paliativo/preventivo.

Os alunos fizeram uma apresentação em Power Point sobre a doença estudada pelo seu grupo e entregaram, também, um trabalho científico para a professora Yara.

CLIQUE AQUI para conferir as fotos.

Campanha Solidária de abril arrecada produtos de higiene

Como parte da segunda Campanha Solidária do Ano, o Colégio Santo Ivo arrecadará produtos de higiene entre os dias 4 e 29 de abril. As doações serão destinadas a duas instituições: Abrigo da Velhice Desamparada e Lar Zulmira. Alunos, familiares e amigos que quiserem contribuir podem entregar, nas secretarias da Sede e da Unidade II e no hall da educação infantil, papéis higiênicos, sabonetes, cremes dentais, hastes flexíveis, escovas de dente, absorventes, shampoos e desodorantes.

As duas instituições já vêm recebendo há alguns anos as doações do Projeto Voluntariado.

Visita ao Albergue – Ainda como parte da iniciativa, os alunos do Voluntariado entregaram, na última quarta-feira (6), as roupas e calçados masculinos arrecadados para o Albergue Zancone. Foram doadas mais de mil peças, não só pelas famílias dos estudantes como também pela AAL (Associação dos Advogados da Lapa), parceira do Santo Ivo nesta campanha.

Ao entregar calças, camisas, camisetas, meias, cuecas, pijamas, moletons e blusas de lã, os alunos foram recebidos pela Rosana, coordenadora da instituição, que explicou o funcionamento da casa e o atendimento aos 150 abrigados.

Confira, abaixo, as fotos da visita:

1ª Campanha Solidária do ano arrecada mais de 400 peças masculinas para Albergue Zancone

 

Serão entregues nesta quarta-feira, dia 6, as doações arrecadadas na 1ª Campanha Solidária do ano. Foram coletadas 412 peças de roupa masculina, além de 33 sapatos e acessórios, como cintos, carteira e mochila. Os itens serão doados para o Albergue Zancone, na Vila Leopoldina, que atende cerca de 200 desabrigados, que circulam pela região e que têm no albergue seu jantar, banho e repouso noturno garantidos.

Realizado pelos alunos dos 8ºs e 9ºs anos e Ensino Médio, o Projeto Voluntariado do Colégio Santo Ivo conta com a colaboração de todos os estudantes da escola e seus familiares para ajudar diferentes projetos de assistência a pessoas necessitadas. Com atividades semanais, contempla diversas ações sociais, além de visitas a lugares carentes, arrecadação de itens de primeira necessidade e contabilidade das doações recebidas.

Durante todo o ano, será realizada uma série de ações voluntárias, arrecadando diferentes itens e ajudando a instituições que cuidam desde crianças até idosos necessitados. No entanto, para que estas ações se concretizem, os voluntários precisam do envolvimento dos outros alunos e dos familiares, que têm a chance de contribuir com artigos que não utilizam mais e que podem servir a outras pessoas. Participe, a sua colaboração é muito importante!

Alunos do Fundamental II visitam exposição que retrata a América em paisagens no “Pelas Ruas de São Paulo”

Na última quinta-feira (31 de março), os alunos do 6º ao 8º ano do Santo Ivo visitaram a mostra “Paisagens nas Américas: pinturas da Terra do Fogo ao Ártico”, na Pinacoteca do Estado de São Paulo.

A exposição, que está em cartaz desde fevereiro e conta com 105 obras, discute a América por meio de paisagens, relacionando as telas com a formação da identidade cultural do continente.

Durante os séculos XIX e XX, a pintura de paisagens era o principal meio para simbolizar as mudanças ocorridas nos territórios, retratando, por exemplo, a formação dos países. As alterações nas paisagens revelam a formação de identidades culturais próprias a determinados lugares, que refletiam em transformações territoriais.

A visita à exposição é uma atividade do projeto “Pelas ruas de São Paulo“, que tem como objetivo apresentar aos alunos a riqueza artística da nossa cidade.

Confira abaixo as fotos.