Prorrogado prazo para entrega de itens para 3ª Campanha Solidária

Foi prorrogado até esta sexta-feira, 3 de junho, o prazo para entrega de roupas e calçados, infantis e de adultos, para a 3ª Campanha Solidária deste ano. As doações devem ser deixadas nas caixas coletoras na Secretaria da Unidade II, no hall da sede e no pátio coberto do Curso de Educação Infantil.

As peças arrecadadas serão oferecidas, junto aos itens recebidos na Campanha do Agasalho 2016, às entidades assistidas pelo colégio em campanhas anteriores e a outras que procuraram a escola. A A.A.L. – Associação dos Advogados da Lapa é parceira do Santo Ivo nesta iniciativa.

As roupas e calçados que já foram doados por alunos e familiares estão sendo separados e encaixotados pelos alunos do Voluntariado.

A 2ª Campanha Solidária do ano, realizada em abril, foi um sucesso. Quase 1100 produtos de higiene foram arrecadados e entregues ao Abrigo da Velhice Desamparada e ao Lar Zulmira.

Veja as fotos:

Anúncios

Fundamental II visita a exposição “Diálogo no Escuro” em mais um “Pelas Ruas de São Paulo”

5d78ad49-b68f-4896-9ad0-b0e64a2572f6Os alunos dos 6ºs, 7ºs e 8º anos visitaram, na última sexta-feira (20), a Exposição “Diálogo no Escuro – indo além dos seus limites”, na Unibes Cultural. A atividade foi a 26ª do projeto Pelas Ruas de São Paulo, que tem o objetivo de proporcionar aos estudantes interessados a riqueza artística da nossa cidade.

Depois de percorrer grande parte do mundo, a exposição deve ficar pelo menos seis meses em São Paulo. A iniciativa espera possibilitar a todos os visitantes uma reflexão sobre a deficiência visual. Trata-se de vários ambientes cenográficos, totalmente sem luz, onde o visitante é guiado por deficientes visuais e passa por uma intensa experiência, conseguindo entender como os limites são ultrapassados e as barreiras, quebradas.

A exposição itinerante foi criada na Alemanha e já passou por 32 países e mais de 130 cidades, na Europa, Ásia, Oriente Médio, África e América, reunindo oito milhões de pessoas. Além de mostrar a importância de respeitar as pessoas com deficiência, o projeto também tem a intenção de gerar empregos por onde passa, já que os guias da exposição são pessoas locais com deficiência visual.

Confira, abaixo, mais fotos.

Pelas Ruas de SP: Diálogo no Escuro (mai/16)

Alunos dos 8ºs anos realizam projeto sobre Mudanças Climáticas

b6d3c72a-3410-4a96-8460-7c2114830fa9Os alunos dos 8ºs anos realizam, durante todo o ano, o projeto “Mudanças climáticas – viraremos zumbis?”. Nele, os estudantes têm aprofundado o conhecimento sobre o assunto para estarem aptos a discutir possíveis soluções para este problema tão atual.

Na etapa atual, que é uma continuidade da parte teórica, cada grupo está se debruçando sobre o subtema escolhido por meio de estudos do meio que procuram responder ao maior número possível das questões levantadas por eles.

Para que eles avançassem, a professora Patricia levantou o questionamento “Quais são os problemas que nos incomodam e incomodam a sociedade?”. A partir daí, com as pesquisas, além de recolherem o subsídio necessário para a etapa final da tarefa, eles esperam mostrar aos outros alunos a importância de levantar determinadas dúvidas, que só serão respondidas pelos responsáveis quando houver uma mobilização real em torno do tema.

Um dos grupos vem trabalhando a questão do consumo excessivo e inconsciente, e procurando respostas para perguntas como “para onde vão os resíduos de tudo que consumimos?”, “quais são as alternativas para todo o lixo gerado pelo nosso consumo?”, “onde e como este lixo é descartado?”. Alguns alunos questionaram, ainda, o que é feito com o lixo produzido pela fabricação de cosméticos, já que o processo utiliza material químico que contamina solos e rios.

Outro desdobramento deste tema vem tratando de fabricantes de cosméticos e maquiagens que realizam testes em animais para produzir os seus artigos. Neste caso, os alunos chegaram a dúvidas como “existe alguma empresa que assegura que as companhias não estão testando em animais?”, “por que algumas empresas conseguem finalizar a fabricação de seus produtos sem testar em animais e outras não?”, “como é feito o teste que não utiliza animais?”.

Já a equipe que está pesquisando poluição, sob supervisão da profª Karin, vem trabalhando em dois desdobramentos: poluição do ar (causada por meios de transporte) e poluição da água.

Para falar sobre o ar, depois de estudar como o transporte impacta na poluição ambiental, os alunos entraram em contato com as montadoras para entender o porquê de as alternativas sustentáveis de veículos serem tão caras. No entanto, ao questionarem por que os carros que diminuem o impacto ambiental só podem ser comprados por uma parcela mínima da população, eles não obtiveram retorno das empresas. Sobre a poluição das águas, os estudantes estão pesquisando o que estamos consumindo que está fazendo com que o lixo aumente e se acumule.

Confira, abaixo, fotos dos alunos durante a produção do projeto:

Profª Karin

Confira atividades da aula de Inglês dos 2ºs e 4ºs anos

Durante as aulas de Língua Inglesa, os alunos expandem seus conhecimentos estabelecendo correlações com outras disciplinas também. Os 4º anos A, B e C realizaram uma breve pesquisa sobre Pablo Picasso, leram um texto sobre suas obras no livro didático de Inglês e elaboraram um pequeno cartaz com imagens e texto em inglês.

Confira as fotos:

Atividades de Inglês - 4º ano (mai/16)

Já os alunos dos 2º anos A, B, C e D cantam e aprendem inglês. Eles brincaram de ‘pedra, papel e tesoura’ em duplas, assistiram a um vídeo e cantaram a música dessa brincadeira. Tudo em Inglês!

Confira as fotos:

Atividades de Inglês - 2º ano (mai/16)

Alunos do 6º ano visitam Brotas e Barra Bonita em estudo do meio

Percorrer os mais importantes caminhos feitos pelos Bandeirantes no Brasil em suas expedições desbravadoras e entender a história do rio Tietê. Estes são os principais objetivos do estudo de meio do qual os alunos do 6º ano participaram nos dias 12 e 13 de maio.

 O roteiro, que incluiu visitas a cidades como Brotas e Barra Bonita, entre outras, complementa o trabalho sobre o Planeta, tema do Projeto Saber e Fazer, oferecendo mais subsídios para a compreensão dos conteúdos trabalhados em sala de aula. Em Brotas, por exemplo, os alunos puderam observar o céu e desvendar alguns de seus mistérios.

Conheça, abaixo, os objetivos e o roteiro da viagem:

– Conhecer quem foram os Bandeirantes e caracterizar historicamente seu papel na história do Brasil;
– Compreender as interações entre as Bandeiras e os fatores geográficos ao longo do curso do rio Tietê;
– Observar um dos principais roteiros do Ciclo Bandeira Paulista e algumas das cidades fundadas durante este período;
– Discutir o papel das Bandeiras no processo de colonização e expansão territorial do país;
– Refletir sobre o impacto da ação humana no meio ambiente e as suas transformações através das diferentes formas de utilização do espaço e dos recursos naturais;
– Desenvolver habilidades de orientação espacial através de mapas, bússola e do estudo da astronomia.

Roteiro:

–  Santana do Parnaíba (visita ao Casario Histórico e ao Museu Casa do Anhanguera)
–  Estrada das Roseiras
– Salto (Memorial do Tietê, Ponte Pênsil e Caminho das Esculturas)
– Brotas (Observatório C.E.U. – Centro de Estudos do Universo)
– Barra Bonita (Embarque em navio, atividades de observação e pesquisa)

Confira as fotos:

Estudo do Meio 6º ano - Brotas e Barra Bonita (mai/16)

Trabalho de aluno do Santo Ivo recebe menção honrosa em concurso de arte na República Tcheca

DSC03856
O trabalho do aluno Thomás Campos de Andrade Alvim, do 1º ano, recebeu menção honrosa na Exposição Internacional da Criança de Belas Artes Lidice (ICEFA Lidice), na República Tcheca. Participaram do concurso de arte 18075 trabalhos, de 77 países, sendo que foram atribuídas 1178 menções honrosas. O Brasil inscreveu 80 trabalhos e dois foram reconhecidos.

Thomás realizou a peça premiada no ano passado, quando estava no Pré II. Seu trabalho ficará exposto na Galeria de Lidice de 31 de maio até 30 de novembro. Depois, percorrerá outras galerias e museus, em diferentes cidades e países.

O concurso reuniu escolas e instituições de todo o mundo que trabalham com crianças e adolescentes. Foi criado em 1967, em homenagem às vítimas infantis da aldeia tcheca de Lidice, durante a 2ª Guerra Mundial, e todas as outras crianças vitimadas em guerras. O tema da edição de 2016 foi “Escola? Educação!” e homenageou a UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) pelos seus 70 anos de atividade, nos quais a educação foi sempre tratada como prioridade para o desenvolvimento humano.

Confira AQUI a carta enviada pelo Consulado da República Tcheca.

Alunos dos 2ºs anos realizam estudo do meio no Pico do Jaraguá

Os alunos dos 2ºs anos visitaram, no dia 5 de maio, o Pico do Jaraguá, em mais um estudo do meio. O objetivo da saída pedagógica foi observar a biodiversidade da Mata Atlântica, facilitando a compreensão dos conteúdos trabalhados em sala de aula.

Com 1.135 metros de altura, o Pico do Jaraguá é o ponto mais alto da cidade de São Paulo e oferece uma vista de até 55 quilômetros de alcance. Antigo palco de guerras entre bandeirantes e índios, foi muito explorado por possuir grande quantidade de ouro. Após o fim da mineração, com o esgotamento de todos os recursos por volta do século XIX, tornou-se “um marco dos viajantes”, pois poderia ser visto de qualquer local e, a partir daí, calculava-se a distância que faltava para se chegar a São Paulo.

Em 1946, o Pico do Jaraguá foi transformado em ponto turístico e, em 1961, foi criado o Parque Estadual do Jaraguá, para que os visitantes tivessem acesso à parte histórica do local. O parque foi tombado em 1983, pelo Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico, Arqueológico e Turístico (Condephaat), e, em 1994, a Unesco o transformou em Patrimônio da Humanidade.

Confira as fotos:

Estudo do Meio Pico do Jaraguá- 2º ano D (mai/16)