História dos imigrantes brasileiros é explorada em estudo do meio

20160816_museu-da-imigraçãoNa última semana, os alunos dos 5ºs anos visitaram o Museu da Imigração do Estado de São Paulo.

Localizado no tradicional bairro da Mooca, na Zona Leste da cidade, o museu é o principal responsável pela preservação da memória das pessoas que chegaram ao Brasil em meados do século XIX e XX e que, com seu trabalho, ajudaram a construir e a transformar a capital paulista e o país.

Atuando como ponto de encontro de diversas comunidades de imigrantes, as origens do atual museu remontam a 1887, ano em que foi fundada a Hospedaria de Imigrantes, local que tinha como função acolher e encaminhar ao trabalho viajantes trazidos pelo governo. Ao longo de seus 91 anos de atividade, a Hospedaria, que foi fechada em 1978, recebeu cerca de 2,5 milhões de pessoas de mais de 70 nacionalidades. As histórias desses trabalhadores continuam vivas, preservadas nos depoimentos, fotos, documentos e jornais que compõem o grande acervo do Museu da Imigração.

Entre as suas ricas atrações, começando pela sua arquitetura centenária, o museu conta com uma parede na qual se encontram gravados mais de 14 mil sobrenomes, provenientes de diversos cantos do globo, de pessoas que passaram pela antiga hospedaria.

Confira as fotos do estudo do meio:

Museu da Imigração - 5ºs anos (ago/16)
Anúncios

Alunos do 5º ano exploram ‘Coleção Vaga-Lume’, que revolucionou a literatura juvenil

Na última sexta-feira (12), os alunos dos 5ºs anos A e B tiveram a oportunidade de explorar uma grande variedade de títulos da Coleção Vaga-lume, série de livros que transformou em leitores muitos dos adultos de hoje.

A coleção foi criada em 1972, com o objetivo de oferecer literatura de qualidade para o público juvenil e, assim, promover o gosto pela leitura. São consideradas obras ideais para crianças e jovens que buscam aventuras literárias.

Desde o seu lançamento, a série passou por algumas reformulações (nas capas e mancha de leitura), mas não perdeu seu encanto! Mesmo passados 44 anos, foram poucas as mudanças, mantendo as características mais marcantes da coleção.

Entre os livros mais famosos da série, estão A Ilha Perdida, de Maria José Dupré, O Escaravelho do Diabo, de Lúcia Machado de Almeida, e A Turma da Rua Quinze, de Marçal Aquino.

Confira as fotos da atividade:

Coleção Vaga-lume - 5ºs anos (ago/16)

Sala de Leitura expõe trabalho de alunos do 3º ano

No 1º semestre, os alunos dos 3ºs anos realizaram um estudo sobre o bairro, na aula de Artes, sob a coordenação da profª. Rosangela, que culminou com a representação da área em uma imensa maquete.

Clique aqui para conferir mais detalhes sobre o trabalho.

Até o próximo dia 17, as peças produzidas para a montagem da maquete, como as caixas de papelão caracterizadas como prédios, casas, pontos comerciais, hospitais e delegacias, estarão expostas na Sala de Leitura da sede.

Veja, abaixo, as fotos.

Exposição Bairro de Cima- 3º ano (ago/16)

Próximo “Pelas Ruas” visita imperdível festival de linguagem eletrônica e arte digital

20160803_fileOs alunos dos 6s, 7ºs e 8ºs anos do Santo Ivo terão a oportunidade de visitar, no dia 12 de agosto, o maior encontro do país sobre arte digital, o Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (File), no Centro Cultural da Fiesp, na Avenida Paulista.

“Venha Passar do Limite” é o tema desta 17ª edição do evento, que incorpora várias modalidades do gênero, entre instalações interativas e obras de arte virtual, como o ambiente imersivo The Night Cafe, que leva o espectador para dentro da tela homônima de Van Gogh com a ajuda de um óculos 3D. O festival reúne ainda  games, animações, arte sonora, performances e videoarte, feitos por 339 artistas de 31 países.

Um dos destaques é a instalação do grupo europeu Numen/For Use, a “Tape São Paulo” que, inspirada em uma teia de aranha, convida o visitante a caminhar por entre seus túneis suspensos, confeccionados com 32 quilômetros de fitas adesivas fabricadas especialmente para a obra, extrapolando o espaço da Galeria de Arte SESI-SP, chegando até a calçada da Avenida Paulista.

Outra obra que se destaca é o experimento multissensorial em 4D “Be boy, Be girl”, dos holandeses Frederik Duerinck e Marleine van der Werf. Envolvendo visão, audição, tato e olfato, a obra põe em pauta a questão do gênero por meio de óculos especial que permite ao visitante vivenciar sensações no corpo de uma mulher ou de um homem.

A atividade é a 28ª do projeto “Pelas Ruas de São Paulo”, que apresenta aos alunos do Ensino Fundamental II as riquezas artísticas da nossa cidade.

Os estudantes serão acompanhados pelo professor de Arte, Lucas, e pela orientadora educacional, Silvia. Eles sairão às 13h30 e têm retorno previsto para 17h30. A visita à exposição está prevista para 15h. Os alunos que forem participar do passeio irão de micro-ônibus e devem almoçar ou tomar lanche antes do horário de saída.

Interessados em participar devem entregar o protocolo e o valor estipulado para Ana Claudia até a próxima terça-feira, dia 9.

 

Voluntariado do Santo Ivo arrecada artigos para Bazar

5a-campanha-solidaria_2versaoA 5ª Campanha Solidária do ano terá um foco diferente das demais. Desta vez, serão arrecadados artigos para serem vendidos no “6º Bazar Beneficente em prol do Lar Zulmira”, que acontece nos dias 3 e 10 de setembro, na Unidade II do Santo Ivo.

O Voluntariado do colégio aceita doações de roupas, calçados, artesanatos, enfeites decorativos e acessórios novos ou seminovos. Só serão aceitos artigos em bom estado, para poderem ser revendidos.

O valor arrecadado com as vendas serão revertidos ao Lar Zulmira, que atende crianças e jovens de 6 a 17 anos em situação de abandono e está localizado no Jaguaré.

Tragam suas colaborações e depositem nas caixas coletoras na sede, no hall da Educação Infantil ou na Unidade II.

Agradecemos a ajuda de todos!