Alunos do Ensino Fundamental participam de Festival das Cores

festival-das-coresO Festival das Cores, evento esportivo anual do Colégio Santo Ivo, agitou os alunos do Ensino Fundamental I e II. Os estudantes foram separados em quatro times, representados por diferentes cores.

As equipes eram mistas, com membros de todas as séries. No entanto, cada um deles competiu com crianças da sua própria série, acumulando pontos para seu time a cada vitória.

O objetivo principal da iniciativa é a interação entre os alunos, promovendo a alegria e a satisfação das crianças. Este espírito é comprovado na apresentação do grito de guerra, que é o tema dos jogos de cada ano. Neste momento, o clima é de muita emoção, evidenciando a garra dos competidores e o respeito e a união entre eles.

Na edição deste ano, a equipe vencedora foi a vermelha, seguida pela azul, em segundo, pela verde, em terceiro, e pela amarela, em quatro lugar.

Confira aqui as fotos.

Anúncios

Alunos aprendem mais sobre a vitamina C

foto-blog-cienciasContinuando o estudo do aparelho digestório, os alunos dos 8°s anos observaram, com ajuda da professora Yara, de Ciências, a presença da vitamina C em diferentes sucos. Para isso, usaram como controle uma mistura de água com amido, que muda de cor na presença do iodo.

Para começar a observação, foram montados quatro recipientes. Além do primeiro, com a mistura de água e amido, os outros tinham suco de laranja, suco de maracujá e um preparado de água com vitamina C efervescente.

Os alunos deviam pingar iodo em cada um deles. Conforme o iodo reagia com a vitamina C e com o amido presente nos copos, ele ia sendo degradado. Quanto maior a quantidade de iodo colocada no copo, maior a quantidade de vitamina C, fazendo com que amido e iodo demorem mais para reagir.

Durante o experimento, os alunos observaram que todos os recipientes começaram com líquidos na cor amarela e, aos poucos, foram mudando de tonalidade. Isso acontece porque quando o amido e o iodo reagem, o líquido muda de cor, ficando com um tom azulado.

Desta forma, eles puderam comprovar que, de todos os líquidos testados, o suco só de laranja é o que tem mais vitamina C. Ou seja, é mais benéfico para o ser humano tomar o suco de laranja do que vitaminas e suplementos ou, ainda, outros tipos de suco.

Confira as fotos aqui.

Passeio Ciclístico completa 20 anos em grande estilo

No último domingo (23), aconteceu a 20ª edição do Passeio Ciclístico. O evento, organizado pelo Santo Ivo e pela ACM-Lapa, foi realizado na Praça John Lennon, em frente à sede do colégio, e reuniu centenas de pessoas.

Como acontece tradicionalmente, a abertura oficial contou com representantes da comunidade lapeana, hasteamento da bandeira e o Hino Nacional.

Pouco depois, foi dada a largada dos ciclistas no circuito de 5Km pelas ruas do bairro, seguida pelo 11º minicircuito de bicicletinhas e triciclos, para crianças de 3 a 7 anos.

Para celebrar os 426 anos da Lapa, foi realizada ainda uma caminhada e o plantio de mudas de árvores.

Durante toda a manhã, atividades infantis e brincadeiras foram realizadas na praça. As crianças fizeram a festa com as oficinas de desenho e tobogã.

Professores da ACM animaram o público com apresentações e aulas de danças e treinamento funcional. Simultaneamente, alunos do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental puderam participar de provas de atletismo organizadas pelos professores de Educação Física.

No final da manhã, o tão esperado sorteio de brindes, cedidos gentilmente por empresas da região, tornou o evento mais emocionante, finalizando com o já tradicional sorteio da bicicleta entre os participantes da campanha de reciclagem de latinhas de alumínio.

Confira as fotos aqui.

Olimpíada de Matemática: confira os vencedores do Ensino Fundamental

Nesta semana, foram premiados os vencedores da XIV Olimpíada Interna de Matemática do Santo Ivo.

Confira, abaixo, a relação dos alunos que ficaram nas três primeiras colocações e as fotos:

2º ano
1º – Pietra Honegger Baptista
2º – Alícia Estrella Pelícia Pressutti
3º – Karina Oliveira Rosa

3º ano

1º – Natália Ercoli Chaves
2º – Priscila Peng
3º – Luiza de Almeida Carvalho

4º ano

1º – Thais Gebran Manni Vizioli Juc
2º – Thabata Honegger Baptista
3º – Murilo Macedo

5º ano

1º – Victor Garibaldi Kagawa
2º – Giovanna Paperini de Luca Maimone
3º – Ana Beatriz Nogueira Rune Vetorazzi

6º ano

1º – João Pedro Gardenghi Peterutto
2º – Vitor Jia Cheng Moy Li
3º – Felipe Imperatrice Ferreira

7º ano

1º – Luciana Henrique de Araújo
2º – Breno Eizo Tomari
3º – Júlia Cardoso Galvão

8º ano

1º – Rafaela Monteiro Ourique
2º – Guilherme Rossa Genofre Vallada
3º – Hélio Gomes Pereira Neto

FOTOS FUNDAMENTAL I:

Premiação Olimpíada de Matemática - Fund. I (out/16)

FOTOS FUNDAMENTAL II:

Premiação Olimpíada de Matemática - Fund. II (out/16)

Santo Ivo premia vencedores do X Concurso Literário, com presença de filha de Cora Coralina e muita emoção

A obra da poetisa Cora Coralina é recheada de doçura. Mas não é só de ternura que são feitas as suas palavras. A jornada literária presente em sua obra passa também por dramas pessoais, folclore, história, feminismo e  muita emoção. Foi inspirado na vida desta grande escritora brasileira e repleto de momentos emocionantes que o Concurso Literário do Colégio Santo Ivo encerrou a sua 10ª edição no último sábado (8), quando foram divulgados os nomes dos grandes vencedores.

dsc06902-copy

Foi uma manhã carregada de surpresas, marcada por uma presença ilustre: a educadora aposentada e escritora Vicência Bretas, filha caçula de Cora Coralina.

“É a primeira vez, nesses dez anos, que recebemos um representante da família do homenageado do evento. Em 2016, a patronesse do Concurso Literário do Santo Ivo é Cora Coralina, grande poetisa de Goiás e uma das mais importantes escritoras brasileiras. É uma honra termos presente aqui hoje a Dona Vicência, que representa toda a simplicidade e o talento de sua mãe e vem abrilhantar ainda mais essa manhã”, afirmou a diretora do Santo Ivo, Myrna de Barros Lima Ibrahim, em discurso para os alunos e pais, que lotaram o auditório da Unidade II do colégio.

O Concurso Literário do Santo Ivo é direcionado aos alunos do 2º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio e, em 2016, teve dois temas: “Eu, minha família, meus avós e minhas raízes” (Fundamental I e II) e “A ponte entre a tradição e a modernidade” (9º ano e Ensino Médio).

O percurso das redações até chegar à final é longo e enche de ansiedade seus escritores. Identificados por códigos, todos os textos participantes passam pelos professores e pela diretoria e, depois, são analisados por uma banca externa. Os vencedores só são conhecidos no dia da premiação, que é, justamente, o momento mais emocionante do evento.

dsc06896-copyCom os três finalistas de cada categoria no palco, foi anunciada a colocação de cada um. Os primeiros lugares ganharam medalhas e vale-livros e leram a sua redação para a comovida plateia.

Entre um anúncio e outro, alunas do Curso de Teatro do Período Integral, sob a direção da professora Lili, encenaram passagens da vida de Cora Coralina e trechos de suas poesias.

Em outro momento de grande emoção, Dona Vicência homenageou os professores do Colégio, sobretudo os coordenadores do Concurso, Fátima Toso, Maria de Fátima Borelli e Ronan Gava, declamando um dos poemas de sua mãe “Exaltação de Aninha (O Professor)”, que começa assim:

“Professor, sois o sal da terra e a luz do mundo.
Sem vós tudo seria baço e a terra escura.
Professor, faze de tua cadeira,
a cátedra de um mestre.
Se souberes elevar teu magistério,
ele te elevará à magnificência.
Tu és um jovem, sê, com o tempo e competência,
um excelente mestre.”

Ao final do evento, o sertanista, indigenista e escritor Orlando Villas-Bôas foi anunciado como patrono do Concurso Literário de 2017, ano de comemoração dos 50 anos do Colégio Santo Ivo.

Confira as fotos da premiação do X Concurso Literário do Colégio Santo Ivo:

X Concurso Literário - premiação (out/16)

Alunos simulam foguetes em aula de Ciências

Os alunos do 6° ano estão trabalhando o livro “A Terra e o Universo” com a professora de Ciências, Yara. Para entenderem mais sobre como o homem saiu do planeta para explorar o universo, eles simularam dois tipos de foguete, de curto e de longo alcance.

A simulação do foguete de curto alcance foi feita com uma bexiga, que os estudantes encheram e colocaram um canudinho na ponta, fazendo-a correr por um fio de nylon. Desta forma, eles perceberam que o ar (no caso, o gás carbônico) deu o combustível necessário para que o foguete (bexiga) voasse.

Já para o de longo alcance foi necessária uma garrafa de 600ml de refrigerante, com 200ml de água e quatro comprimidos efervescentes de bicarbonato de sódio. A reação entre a água e o bicarbonato gerou o gás carbônico e a garrafa foi colocada em uma base com uma alavanca que a impulsionou para cima, fazendo com que voasse.

A experiência fez com que os alunos traçassem um paralelo, comparando os dois tipos de lançamento e os combustíveis utilizados. Eles puderam entender, também, que é necessária uma força, uma explosão, para colocar o foguete no ar.

Para terminar a iniciativa, os estudantes discutiram que o avanço tecnológico para colocar esses foguetes em órbita levou o homem a evoluir também em questões do dia a dia, como internet e TV a cabo. Isso porque elas acontecem via satélite, com transmissões recebidas do espaço através dessa exploração que foi feita ao longo do tempo.

Confira as fotos:

Aula de Ciências 6º ano - Foguete (out/16)