7º ano confecciona insetário em aula de Ciências

Em meio aos estudos sobre os animais e para caracterizar os invertebrados, os alunos do 7º ano produziram um insetário na aula de Ciências.

A confecção de um insetário é uma excelente oportunidade para introduzir os estudantes na abordagem científica das coleções. Além disso, os insetos foram escolhidos por serem o maior grupo animal do planeta nos tempos atuais, correspondendo a 70% de todas as espécies existentes, e podem ser encontrados praticamente em qualquer lugar.

Muitos insetos são extremamente valiosos para o ser humano, já que, através da polinização, tornam possível a produção de diversas plantas agrícolas, como frutas, verduras, algodão e outras. Eles também produzem mel, seda, e outros produtos de valor comercial, servem de alimento para pássaros, peixes e outros animais de interesse e têm sido utilizados na medicina e em pesquisas científicas.

Alguns insetos também podem ser extremamente maléficos, como as pragas agriculturais, além de transmitirem uma série de doenças sérias para a saúde humana ou para animais de uso humano.

Devido à importância desse grupo animal, os alunos foram instruídos a capturar insetos para estudá-los. Eles foram divididos em grupos e cada um deveria coletar, no mínimo, cinco exemplares. A orientação era recolhê-los já mortos, mas que estivessem inteiros, ou que os recolhessem vivos, com auxílio de peneiras, copos e redes, e os levassem à escola.

No laboratório, eles espetaram os animais com um alfinete em uma placa e, depois, os classificaram através da Sistemática Filogenética, que busca compreender a história evolutiva dos seres vivos, agrupando os organismos com base no seu grau de parentesco filogenético.

No estudo prático, os alunos perceberam que os insetos pertencem ao grupo dos animais invertebrados e que existem diferentes ordens. Eles identificaram essas ordens embaixo de cada animal e também colocaram o nome popular de cada exemplar.

“Pretendemos, com a atividade, produzir uma coleção de insetos para auxiliar na compreensão e identificação da diversidade desses animais. Assim, conseguimos aproximar os estudantes de diferentes técnicas de coleta, fixação e montagem dos insetos e despertar neles o interesse nesse grupo de animais e a consciência da importância do papel desempenhado por eles nos ecossistemas”, afirma a professora de Ciências Yara.

Confira as fotos:

Insetário- aula de Ciências 7º ano (out/2017)
Anúncios