Som e grafismo dão o tom em aula de Artes do 5º e 9º ano

Baseado nos estudos do pesquisador John Sloboda, o professor de Artes, Lucas Bocatto, desenvolveu a aula de Psicologia Musical com os alunos do 5º e do 9º ano do Ensino Fundamental. Trata-se de um exercício que visa transformar o som e seus elementos em imagens gráficas.

Ritmo, harmonia e atmosfera se tornam riscos, formas e cor. Letras, intensidade e signo viram palavras, em uma atividade de mais de 20 minutos na total imersão na sequência de músicas, na qual os alunos escrevem o que lhes vem à cabeça de olhos fechados.

“Os orfistas e os dadaístas [seguidores de movimentos artísticos de vanguarda] usavam destes e outros exercícios para aguçar a criatividade”, afirma Bocatto.

O trabalho foi comparado pelo professor entre os alunos do 5º e 9º ano.

Confira as fotos:

Psicologia Musical - 5º ano e 9º ano (mar/2018)
Anúncios