8º ano produz maquetes de células e tecidos em atividade colaborativa

Um dos grandes desafios enfrentados pela escola é tornar mais interessantes os conteúdos de difícil compreensão.

Desse modo, a utilização de maquetes como ferramenta pedagógica é uma ótima opção ao processo de auxílio da exposição e fixação dos assuntos. Isso porque estudar a partir de modelos torna o processo do aprendizado muito mais prazeroso ao aluno.

Partindo desse princípio, a profª Yara, de Ciências, preparou uma aula na qual as turmas do 8º ano construiriam as suas próprias maquetes de células e tecidos.

“No modelo de célula, eles precisariam construir as organelas, que são estruturas que fazem a célula funcionar, como o lisossomo, responsável pela digestão celular, o ribossomo, responsável pela produção de proteína, o núcleo, onde fica o DNA, e assim por diante”, explica Yara. “Já os tecidos são o epitelial, o nervoso, o muscular e o conjuntivo, que tem uma variação dentro dele”.

As salas foram divididas em cinco grupos: três deles deveriam trabalhar com células e dois deles com tecidos. “Depois de ser feita a divisão e o sorteio dos conteúdos, propusemos que o trabalho fosse colaborativo. Assim, eles deveriam construir uma única célula, com todas as organelas, para que três grupos diferentes usassem, construir uma maquete de tecido, para que dois grupos usassem”, conta Yara.

Depois de, juntos, discutirem e decidirem o que iriam apresentar, os alunos planejaram como as maquetes seriam feitas: que material usar, que papel teria cada membro dos grupos, etc.

Todo o trabalho foi realizado em sala e, ao final, os estudantes apresentaram o resultado aos colegas.

As turmas trabalharam com total liberdade de materiais e o resultado foi maravilhoso. Confira as fotos:

Maquetes de célula e tecido - 8º ano (fev/2019)
Anúncios

Carnaval do Fundamental tem atividades repletas de cor, música e alegria

O clima de folia, com muita cor, música e alegria, dominou os corredores do Santo Ivo nesta semana que antecede o Carnaval, a festa brasileira mais popular do planeta.

No Ensino Fundamental não foi diferente. Os alunos vestiram fantasias e todas as séries realizaram atividades relacionadas à festividade.

Confira:

ENSINO FUNDAMENTAL I

Carnaval Fund. I (fev/2019)

 

ENSINO FUNDAMENTAL II

Carnaval Fund. II (fev/2019)

 7º ano observa célula da cebola em microscópio

Os alunos do 7º ano estão estudando os seres vivos nas aulas de Ciências. Como parte da introdução deste assunto, estão focando nas células, já que, com exceção dos vírus, todos os seres vivos são formados por elas. A espécie humana, por exemplo, possui alguns trilhões de células.

Para entender melhor o tema, a professora Yara preparou uma aula prática, na qual os alunos analisaram uma célula vegetal. Primeiro eles aprenderam a confeccionar uma lâmina e a manusear um microscópio. Eles prepararam uma lâmina com a epiderme da cebola, que é a película fina localizada na superfície côncava da cebola, facilmente destacável e constituída por uma só camada de células. Em seguida, colocaram corante no material e observaram no microscópio.

Depois da análise, os alunos fizeram um relatório, relatando a experiência.

Confira as fotos:

Experimento com células - 7º ano (fev/2019)

Game designer Jameson Durall realiza palestra no Santo Ivo

No dia 20 de fevereiro, um dos maiores designers de games do mundo realizou uma palestra na Unidade II do Santo Ivo. Jameson Durall falou sobre os desafios da carreira, sobre a evolução rápida na produção de jogos e sobre paixão em fazer o que gosta.

O norte-americano é chefe de departamento de Game Designer da Full Sail University e criador de games como “The Simpsons” e “Red Faction: Armagedon”. A apresentação foi uma parceria da Cel.Lep com a Full Sail University e realizada em inglês.

Participaram do evento os familiares de alunos do G2 à 3ª série do Ensino Médio e os alunos dos 6ºs anos em diante.

dd657fd9-f0d1-41a3-8c67-d1d60ef31a2c

“Pelas Ruas de SP” visita mostra com obras que retratam São Francisco de Assis 

No primeiro “Pelas Ruas de São Paulo” de 2019, alunos do 6º ao 8º ano do Santo Ivo visitaram a exposição “São Francisco de Assis na Arte de Mestres Italianos”, no Museu de Arte Brasileira (MAB/FAAP).

A mostra apresenta um conjunto de 18 obras realizadas entre os séculos XV e XVII, a maior parte delas provenientes de coleções públicas de regiões diversas da Itália. O conjunto apresenta exemplares relevantes da representação de São Francisco por meio de trabalhos que se integraram à cultura local de toda uma época e que ainda encontram espaço na cultura ocidental por seus valores artístico, histórico e simbólico.

Figura dotada de enorme relevância histórica e carisma, São Francisco de Assis é, sem dúvida alguma, um dos santos católicos mais cultuados da história. Personalidade marcada por sua humildade e alegria, dedicava-se aos pobres e nutria amor imensurável pela natureza, inspirando um imaginário coletivo que se estende por séculos.

Obras de Tiziano Vecellio, Orazio Gentileschi, Guido Reni e até mesmo de Pietro Perugino estão na mostra.

A atividade foi a 46ª do projeto “Pelas Ruas de São Paulo”, que tem como objetivo e proporcionar aos alunos interessados a riqueza artística da nossa cidade.

Os estudantes estiveram acompanhados pela professora Diana, de Artes, e pela Orientadora Educacional Silvia.

Confira fotos da saída:

Pelas Ruas de São Paulo: MAB (fev/2019)

Origem dos planetas é simulada em aula prática do 6º ano

Na última semana, na aula de Ciências, os alunos do 6º ano realizaram uma experiência prática a partir do estudo que realizaram sobre a formação do Universo.

Primeiro, eles fizeram pesquisas e levantamentos sobre o assunto. Depois, discutiram o tema em sala de aula.

Por fim, para simular a origem dos planetas, os alunos usaram uma folha de papel, esponja de aço (Bombril) e imã. Despedaçando o Bombril, eles criaram os fragmentos, representando a poeira cósmica. Com o imã colocado embaixo do papel, representando a força gravitacional, eles atraíram todos esses fragmentos para um mesmo ponto, formando como se fossem esferas, que pareciam os planetas, mostrando então como acontece o surgimento desses astros.

A atividade foi realizada na aula de Ciências da Terra, com os professores André e Yara.

Confira vídeo e fotos:

Ciências da Terra: Origem do Universo - 6º ano (fev/2019)

Alunos produzem porta-objetos em atividade de Matemática e Ed. Financeira

Nas primeiras aulas de Matemática e Educação financeira do 8º ano, a profª Daniela desenvolveu uma atividade com o objetivo de ampliar o olhar dos alunos sobre a matemática no dia a dia, além de analisar e dialogar sobre a proposta de trabalho.

Foram mostrados diversos trechos de vídeos sobre como confeccionar porta-lápis, caixa organizadora, porta-treco e estojo a partir da reutilização de materiais.

Em seguida, foram deixados à disposição dos alunos papelão, papéis coloridos, cola branca, cola quente, tesoura, fita adesiva para que, organizados em trios ou quartetos, confeccionassem um porta-objetos.

Inicialmente, os estudantes fizeram um esboço do item que iriam produzir e listaram os materiais necessários.

No final, cada grupo deveria relacionar o objeto construído com cada um dos eixos da matemática: tratamento da informação, espaço e forma, medidas, números e educação financeira.

“Por meio dessa atividade, foram retomados alguns conceitos importantes para dar continuidade ao estudo da disciplina”, explica a professora.

Ao final da atividade, os objetos foram distribuídos nas salas de aula.

Confira as fotos:

Matemática Financeira: porta-objetos - Fund. II (fev/2019)