Veja relato sobre 3º e 4º dias da viagem do 7º ano

Clique aqui para ver mais fotos.

Está acompanhando a viagem de Estudo do Meio do 7º ano a Petar e Cananéia? Então não deixe de conferir os relatos do terceiro e quarto dias:

4ª feira 13/11/2012

Chegamos no início da noite em Cananéia e ainda tivemos fôlego para conhecer um pouco sobre a história da cidade. Pudemos compreender que conhecer a história de um lugar é o mesmo que conhecer a nossa própria história, já que todos nós somos responsáveis pela construção de nosso povo.

Cananéia é uma região geograficamente privilegiada e que no início do período da colonização, teve os seus dias de glória. Fundada pelo Barão de Cananéia, teve um grande porto por onde passaram grandes navios para abastecimento de água e alimentos, incluindo embarcações portuguesas, inglesas, espanholas, entre outras.

Atualmente, a cidade vive da pesca e do turismo. A Ilha do Cardoso é muito visitada, porém, respeitando os limites dos de preservação ambiental. Continuar lendo

Anúncios

Alunos do 4º ano se preparam para receber Ricardo Azevedo

Os alunos dos 4º ano já estão se preparando para receber o escritor Ricardo Azevedo e ter um gostoso bate papo durante a Semana Literária do colégio.
Para saber mais sobre esse importante escritor, os alunos pesquisaram sua biografia e, agora, estão lendo e discutindo o seu livro “Nossa rua tem um problema”.

Veja alguns comentários:

“Os problemas enfrentados pelos meninos no livro são em maior quantidade, mas com menos importância.” (Lucas Lagoa)
“As meninas sofrem mais. Os problemas com o comportamento dos meninos são mais sérios.” (Luiza Abreu)
“Depois que li as duas partes do livro, percebi que as meninas sofrem com os meninos, mas às vezes elas são chatas.” (Pedro Crestana)
“Para os meninos o problema sempre é o futebol e para as meninas são vários outros!” (Maria Giovanna Bonjovani)

*Confira mais fotos da atividade clicando aqui.

8º ano visita Ouro Preto e seus pontos turísticos

A viagem do 8º ano às cidades históricas mineiras está chegando ao fim… Entretanto, os alunos aproveitaram sem dúvidas, cada instante! Conheceram lugares, colocaram conhecimentos em prática e, acima de tudo, ganharam experiência e conhecimento. Confira abaixo o relato do 4º dia da saída pedagógica, feito pela diretora pedagógica do Santo Ivo, Myrna Ibrahim:

“Acordamos um pouco mais tarde do que nos dias anteriores e, ao invés das tradicionais névoas matinais desta época do ano, hoje fomos agraciados com um céu azul maravilhoso, calor e previsão do tempo com promessa de chegar a 29 graus durante o dia.

Nesta quinta-feira o período da manhã foi destinado ao recolhimento de dados e informações para poder responder a pergunta inicial do nosso projeto: “É possível conciliar desenvolvimento, progresso e preservação dos patrimônios da humanidade no Brasil?”. Desta forma, nos dividimos em grupos e partimos para as entrevistas em locais já pré-agendados: escola estadual, república de estudantes, IPHAN e  na prefeitura. Em todos os lugares nossos alunos foram recebidos por um representante local e tiveram a oportunidade de aprofundar suas pesquisas e confrontar as informações recebidas com as observações e vivências que tiveram até o presente  momento.

Paramos para mais um almoço típico mineiro, e depois de vários “sobe e desce” ladeiras, chegamos à Matriz Nossa Senhora do Pilar, padroeira de Ouro Preto, considerada a 2ª igreja mais rica em quantidade de ouro no Brasil. Com características do Barroco português, sua arquitetura possui tanto rebuscamento, dobras e desdobras que quase não possui espaços vazios, fato  que deixou  nossos alunos inquietos.

Em seguida visitamos o Museu de Mineralogia, o Museu da Inconfidência e a tão esperada Igreja de São Francisco de Assis, considerada obra-prima de Aleijadinho e do barroco brasileiro. Sem muitos requintes, possui leveza em sua decoração (3ª fase do Barroco), característica observada rapidamente pelos estudantes, que ficaram muito impressionados com a ilusão que ela proporciona desde a fachada até o seu interior. Outro destaque notado foi  a magnífica pintura no teto, obra do Mestre Ataíde, que traz um movimento incrível e que foi muito bem definido pelo aluno Gabriel Bélio: ‘Esta pintura nos dá a impressão de que estamos entrando no céu’.

Finalizamos o dia na Mina do Chico Rei, na qual os alunos puderam fazer comparações com a Mina da Passagem, no que diz respeito às formas de escavações utilizadas, mão de obra e, por fim,  as condições de segurança e tecnologia da época.

Sobe e desce mais ladeiras, chegamos no hotel:  banho, jantar, violão, bate-papo e arrumação das malas… Essa foi nossa última noite”.

Clique aqui para ver todas as fotos do Estudo do Meio.

6º ano participa de escavação dentro do colégio

Os professores de Arte e História fizeram uma surpresa para os alunos do 6º ano: montaram um sítio arqueológico dentro da escola, no qual os estudantes puderam agir como cientistas ao terem que praticar atitudes voltadas à preservação da herança cultural e manipular diferentes materiais.

Em primeiro lugar, foi escolhido o local onde iriam realizar as escavações. Em seguida, o terreno foi devidamente preparado com a produção dos reticulados e a acomodação das peças.

No desenrolar da atividade, as peças foram registradas atentamente, considerando sua localização nas camadas de escavação, isto é, achados que foram encontrados na superfície seriam mais recentes e nas camadas mais profundas seriam mais antigos. Além disso, os alunos levaram em conta também possíveis agressões que o terreno sofreu durante as sucessivas ocupações do local.

Após a escavação, os estudantes voltaram para a sala de aula, para que pudessem fazer as observações e catalogações dos vestígios achados. Clique aqui para conferir mais fotos da atividade.

Plantão de professores acontece no próximo sábado (5)

No próximo sábado (5), acontecerá no Santo Ivo o plantão de professores do 6º ao 8º ano. Na ocasião, será discutido o aproveitamento escolar dos alunos durante o 1º trimestre e os pais terão a oportunidade de conversar individualmente com os professores sobre o desempenho de seus filhos. Para isso, os boletins dos estudantes serão entregues no dia anterior à reunião.

Os horários dos plantões são:

7h30 para os alunos do 6º A e B;

9h30 para os alunos do 7º ano A e B;

– e 11h para os alunos do 8º A e B.

Estudantes do 8º ano participam de encontro com poeta Paulo Bonfim

Na última quarta-feira (11), os alunos do 8º ano foram recebidos no Palácio da Justiça, na Praça da Sé, pelo poeta Paulo Bomfim, membro da Academia Paulista de Letras e Assessor Técnico Especial da Presidência do Tribunal da Justiça do Estado de São Paulo.

O encontro teve como objetivo enriquecer os estudos de literatura com foco na poesia. Durante o acontecimento, os alunos entrevistaram o autor, que discorreu sobre fases de sua vida pessoal e acadêmica, círculo de amizades, produções literárias e seu empenho em manter viva a memória do Movimento Constitucionalista de 1932.

Os estudantes tiveram ainda o privilégio de visitar e apreciar a arquitetura de algumas dependências do palácio como o Plenário do Júri e o Espaço Cultural Poeta Paulo Bomfim. Sem dúvida, os alunos passaram por momentos culturais inesquecíveis ao lado do ilustre “Príncipe dos Poetas”.

Confira algumas fotos do encontro abaixo: